Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social (PPGDS), primeiro curso stricto sensu da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), foi criado em agosto de 2003 e aprovado pelo Conselho Estadual de Educação em novembro do mesmo ano.

Em março de 2004, após seleção da primeira turma de mestrandos, teve início o ano letivo. Em março de 2006 o PPGDS foi reconhecido pela CAPES, quando ocorreram as defesas de dissertações.

Em 2014, quando da implantação da etapa do doutorado, foram realizadas adequações na estrutura curricular que passou a ter apenas uma área de concentração e duas linhas de pesquisa. Entre 2006 e 2019, já foram defendidas 238 dissertações e 6 teses de Doutorado.

Em 2019, 100% do total dos ingressantes cumpriram sua formação com defesa de dissertações e teses. Nossos processos seletivos apresentam alta relação entre o número de inscritos e o número de vagas para o mestrado e o doutorado.

O PPGDS, desde o seu primeiro processo seletivo, tem sido procurado, por candidatos oriundos de diferentes cidades do Sul da Bahia e do Norte de Minas Gerais, sem deixar de ressaltar candidatos oriundos do Vale do Jequitinhonha/Mucuri, Triângulo Mineiro, região Central e Sul de Minas Gerais, entre outras unidades do país e do exterior. Entretanto, pode-se considerar que o raio-educação do programa abrange a região Nordeste – desde as cidades de Salvador, Ilhéus, Santo Antônio de Jesus, Alagoinhas e Caetité, na Bahia, até a cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais –. No sentido Leste-Oeste, estende-se até o Estado de Goiás e, também, para estudantes do Distrito Federal.

Em linhas gerais, comumente são candidatos oriundos das diversas áreas de formação, como, por exemplo, Arquitetura, Administração, Agronomia, Direito, Ciências Sociais, História, Economia, Geografia e Serviço Social, dentre outras áreas disciplinares. No momento da inscrição, registra-se expressiva quantidade de candidatos que informam atuação como profissionais vinculados desde a área da administração pública até diferentes entidades não governamentais, em instituições da sociedade civil, profissionais liberais, bem como atuação como docentes das redes públicas e particulares de ensino fundamental e médio e do ensino superior.